Terça-feira, 22 de Maio de 2007

A POESIA DE MANEL PIORNA

(Des)encontro
 
 
                                                Ontem?
                                                Aborto gerado
                                                Em sociedade falida.
                                                Nada!
                                                Hoje?
                                                Espinho cravado
                                                Da felicidade perdida.
                                                Realidade!
                                                Amanhã?
                                                Sofrer com agrado
                                                A esperança na vida.
                                                Ilusão!
 
                                                E porque
                                                Ontem foi Nada!
                                                E porque
                                                Hoje é realidade!
                                                Amanhã?
                                                Será sofrer
                                                P´lo que me foge
                                                E Quero prender!
 
                                                Falida, perdida,
                                                Ontem e hoje,
                                                A Vida.
                                                Amanhã?
                                                Sofrer na esperança
                                                A tua mudança.
                                                Ainda que ontem
                                                Fosse frio,
                                                Ainda que hoje
                                                Seja vazio.
                                                Esperarei!
                                                Até quando
                                                Não o sei!
 
                                                Se ontem
                                                Foi nada,
                                                Se hoje
                                                É realidade,
                                                Amanhã
                                                Será tarde?...
 
                                                                         Manel Piorna
COMENTÁRIO: Bela a poesia do Manel Piorna.
                       Parabéns por isso.
                              JBS
publicado por SOUSINHA às 22:25
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De SOUSINHA a 22 de Maio de 2007 às 23:16
VIVA MANEL PIORNA

BOA POESIA.

PORTO, 2007.05.22
EM SOCIEDADE FALIDA


Mas que lindo poema o teu Manel Piorna...
Mas como tu tens jeito para aquilo óh rapaz.!
Pensava eu que tu me saías aí algum sorna....
Afinal... escrever como tu ninguém é capaz..

A tua poesia Manel é linda, de morrer...
A gente lê uma vez duas e quer ler mais
Porque essa leitura dá-nos tanto prazer
Como ver papoilas vermelhas nos trigais.

Manel.. quem foi que te ensinou a escrever
Dessa forma tão linda que melhor não pode ser
A tua poesia... Manel, é um hino à vida!..

Tu e o teu talento são os grandes fazedores
Dos grandes poemas tornados vencedores
Gerando o equilíbrio na sociedade falida.

João Brito Sousa
De Manel Piorna a 24 de Maio de 2007 às 15:55
Satisfazendo curiosidades: Tive a honra de ter como professora da 1ª à 4ª classe uma senhora de nome Maria Alice de Deus Gonçalves, e na Escola Industrial e Comercial de Elvas como professora de português, a grande Poetisa e Mulher, Matilde Rosa Araújo. O resto foi a escola da vida, e os grandes amigos _onde estás incluido_ que me ensinaram. Nunca esqueças as Fontes, elas matar-nos- ão a sede enquanto entendimento houver na mente.
Um abraço Manel Piorna
De SOUSINHA a 26 de Maio de 2007 às 08:06
VIVA,

A tua referência à escola primária, sensibilizou-me.... E essa de se ser aluno da Matilde...

Ai vai um abraço do
João

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. FICA SUSPENSO ATÉ NOVA OR...

. A HORTA BIOLÓGICA

. AS GEADAS

. A CARVOARIA DO PASSOS

. UTENSÍLIOS AGRÍCOLAS

. O TREINO DO SENHOR CARVAL...

. FARO DENTRO DAS MURALHAS

. UM BOM FIM DE SEMANA

. IGREJA DE S. PEDRO

. A RUA DOS BRACIAIS

. AO POETA MANUEL JOSÉ E F...

. A HORTA DOS BRITOS

. O MEU PRIMO SEBASTIÃO BRI...

. AS MOÇAS E OS MOÇOS DO M...

. POESIA DO DR. UVA

. ALÓ SANTA BÁRBAAR DE NEXE...

. FOMOS JOGAR À FALFOSA.

. ESTAMOS A VOLTAR.

. TUDO CHEGA AO FIM.... ATÉ...

. DA IMPRENSA

. VIVA A SOLEDADE URBANO.

. HOUVE FESTA NO SÍTIO DA A...

. AS HORTAS E A GRICULTURA...

. A FRASE DE HOJE

. PORQUE HOJE É DOMINGO

. BOM FIM DE SEMANA PARA TO...

. VELHO DO RESTELO

. CHEGUEI...

. EU NÃO POSSO ACREDITAR...

. A VIDA DIFÍCIL DOS MIÚDOS...

.arquivos

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.favoritos

. SANTA BÁRBARA DE NEXE

blogs SAPO

.subscrever feeds