Sexta-feira, 25 de Maio de 2007

FARO ANOS 60

 
Eu andei por aí nesses tempos. O ponto de encontro da malta da Escola Comercial e Liceu era no Olímpico (ou na GARDY, café) onde se jogava bilhar. O melhor bilharista de FARO era o Máximo, que era lá empregado. Entre os jogadores do Liceu o melhor era o Matias e da Escola eram o Jacinto da cortiça e o Ernesto, que foi parceiro de carteira do Cavaco Silva, com quem jogava ping pong.
Quando se entrava na sala de bilhar na primeira mesa à esquerda realizava-se ao fim da tarde uma quadrada com o Leal da Câmara, um tipo magríssimo não sei de onde, um funcionário do BESCL de Olhão e um tipo do Porto que era do Tribunal. Assisti aí a grandes jogatanas...
 
Quem aparecia por lá a jogar dominó era o Zé Luís o campeão mundial de luta livre.
 
Desse tempo do Liceu e Escola Comercial os alunos que mais se salientaram que me lembre foi o Jaime Machado do Liceu, hoje Juíz e o Herlander Estrela, Economista que foi Secretário de Estado das Finanças e Administrador do Banco de Portugal e do Montepio.  
 
O melhor ciclista de Faro desse tempo era o Inácio Ramos que correu no Ginásio de Tavira e Louletano.
 
Nessa altura, chegaram ao FARENSE vindos do Corunchense o Remígio, ponta de lança e o Armando, ponta esquerda. Penso que o Catoira também é desse tempo. O guarda redes era o Soromenho lá Escola Comercial que foi júnior com o Capitolino, o Zé Nanotas, o Carneirinho, o Zé Bento, o Zé Gonçalves, o Adanjo, o Larguito e outros.
 
Figuras típicas desse tempo eram o TECA que acompanhava muito com o filho do Coronel Sampaio,o mais novo a quem chamavam o Sampas já que o mais velho era o Sampaio guarda redes de andebol do LICEU, o melhor depois do JAIMINHO diziam, porque ainda houve outro bom que foi o Zézinho. Jogavam ainda o Virgílio, o Quaresma, o Rocha Pinto e outros. Havia ainda o Caça Brava um tipo que vendia codornizes às quatro da tarde na rua de Santo António. E havia o Cartaxo fotógrafo desportivo que tinha aí uma vitrine onde expunha os trabalhos.
 
A Rua de Santo António era transitável no sentido do jardim da doca para o Liceu.
 
O Diário Popular que trazia aos domingos os relatos de futebol dos jogos da segunda divisão chegavam a Faro às onze horas da noite e vinham no rápido que saía de Lisboa às cinco e um quarto.   
 
E Faro era assim naqueles tempos. 
 
João Brito Sousa
publicado por SOUSINHA às 06:36
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. FICA SUSPENSO ATÉ NOVA OR...

. A HORTA BIOLÓGICA

. AS GEADAS

. A CARVOARIA DO PASSOS

. UTENSÍLIOS AGRÍCOLAS

. O TREINO DO SENHOR CARVAL...

. FARO DENTRO DAS MURALHAS

. UM BOM FIM DE SEMANA

. IGREJA DE S. PEDRO

. A RUA DOS BRACIAIS

. AO POETA MANUEL JOSÉ E F...

. A HORTA DOS BRITOS

. O MEU PRIMO SEBASTIÃO BRI...

. AS MOÇAS E OS MOÇOS DO M...

. POESIA DO DR. UVA

. ALÓ SANTA BÁRBAAR DE NEXE...

. FOMOS JOGAR À FALFOSA.

. ESTAMOS A VOLTAR.

. TUDO CHEGA AO FIM.... ATÉ...

. DA IMPRENSA

. VIVA A SOLEDADE URBANO.

. HOUVE FESTA NO SÍTIO DA A...

. AS HORTAS E A GRICULTURA...

. A FRASE DE HOJE

. PORQUE HOJE É DOMINGO

. BOM FIM DE SEMANA PARA TO...

. VELHO DO RESTELO

. CHEGUEI...

. EU NÃO POSSO ACREDITAR...

. A VIDA DIFÍCIL DOS MIÚDOS...

.arquivos

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.favoritos

. SANTA BÁRBARA DE NEXE

blogs SAPO

.subscrever feeds