Quarta-feira, 6 de Junho de 2007

A FRASE DE HOJE

 
                                                             “No Porto não se pode ser diferente, tanto pela cara como pelas botas. Se se e´, vem a suspeição. O Porto quer saber. Antes o Porto precisa saber....”.
  
 
                    AQUILINO RIBEIRO em “Caminhos errados

Inauguração das obras do Pátio Aquilino Ribeiro

 
Nascido a 13 de Setembro de 1885 no concelho de Sernancelhe, freguesia de Carregal de Tabosa (uma lápide assinala a casa onde se julga que nasceu), filho de Mariana do Rosário Gomes e do padre Joaquim Francisco Ribeiro, tem uma infância, ao que se sabe, de miúdo um pouco mais que travesso, a tal ponto que ainda hoje é possível encontrar na zona quem tenha ouvido contar histórias picarescas de um menino destinado pela família à vida de sacerdócio. A sua ida para o Colégio da Senhora da Lapa, em 1895, seria o início de um percurso que o leva seguidamente para Lamego, mais tarde para Viseu (ano de 1902), onde vai estudar Filosofia, e, pouco tempo depois, para o Seminário de Beja, frequentado, ao que consta, pelos ordenandos mais recalcitrantes. Em 1904 é expulso do seminário, depois de ter dado uma réplica cortante a uma acusação do Padre Manuel Ançã, um dos dois irmãos que ao tempo dirigiam a instituição.
É um dos romancistas mais fecundos da primeira metade deste século. Inicia a sua obra em 1913 com os contos de Jardim das Tormentas e com o romance A Via Sinuosa, 1918, e mantém a qualidade literária na maioria dos seus textos, publicados com regularidade e êxito junto do público e da crítica.
 
Segundo o próprio Aquilino, a sua vocação de escritor ter-se-á manifestado desde cedo, quando o professor de português, um velho clérigo, pediu aos seus alunos que escrevessem um diálogo entre uma abelha e um piano. Fascinado pelo tema, Aquilino escreveu um texto saudado pelo professor como uma verdadeira revelação de um escritor.
 
COMENTÁRIO:
 
Não parecendo Aquilino e um homem deixando transparecer isso nas sua obras. Em Caminhos Errados diz ele: “Se é certo que na mulher, em matérias de graças, ce sont les jambes la première chose quón écarte e ainda....”Agarrou-se a mim aos abraços porque não sabe beijar. Beijar é uma arte de civilizados, que ela ainda não teve ensejo de aprender, nem serei eu que lhe dê lições, não vá por lá a cascaroleta abusar da minha confiança.”
 
Nas suas obras pode ver-se como era a vida dos representantes da Igreja nesse .tempo. Em Príncipes de Portugal, grandezas e misérias pode ler-se:- “ Muitos dos padres do meu tempo são honrados pais e família e ninguém lhes pede contas de tal humanidade.” E ainda “ Sobre os Padres, são uma grandessíssima   corja de calaceiros e de velhacos e só andam no mundo para sugar o sangue do pobre”.
 
Para Vergílio Ferreira, Aquilino é um escritor regionalista, com o qual concordo, mas deve acrescentar-se que Aquilino traz para as suas obras as palavras das aldeias defendendo assim a língua portuguesa e protegendo-a no que ela tem de mais puro e genuíno.
 
Quanto à frase que coloquei... diz-me o senhor Fernando, onde corto o cabelo, que no Porto já não é assim. Foi assim...
 
João Brito Sousa
 
 
publicado por SOUSINHA às 08:56
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. FICA SUSPENSO ATÉ NOVA OR...

. A HORTA BIOLÓGICA

. AS GEADAS

. A CARVOARIA DO PASSOS

. UTENSÍLIOS AGRÍCOLAS

. O TREINO DO SENHOR CARVAL...

. FARO DENTRO DAS MURALHAS

. UM BOM FIM DE SEMANA

. IGREJA DE S. PEDRO

. A RUA DOS BRACIAIS

. AO POETA MANUEL JOSÉ E F...

. A HORTA DOS BRITOS

. O MEU PRIMO SEBASTIÃO BRI...

. AS MOÇAS E OS MOÇOS DO M...

. POESIA DO DR. UVA

. ALÓ SANTA BÁRBAAR DE NEXE...

. FOMOS JOGAR À FALFOSA.

. ESTAMOS A VOLTAR.

. TUDO CHEGA AO FIM.... ATÉ...

. DA IMPRENSA

. VIVA A SOLEDADE URBANO.

. HOUVE FESTA NO SÍTIO DA A...

. AS HORTAS E A GRICULTURA...

. A FRASE DE HOJE

. PORQUE HOJE É DOMINGO

. BOM FIM DE SEMANA PARA TO...

. VELHO DO RESTELO

. CHEGUEI...

. EU NÃO POSSO ACREDITAR...

. A VIDA DIFÍCIL DOS MIÚDOS...

.arquivos

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.favoritos

. SANTA BÁRBARA DE NEXE

blogs SAPO

.subscrever feeds