Segunda-feira, 14 de Maio de 2007

A FRASE DE HOJE

"Fazer poesia é confessar-se ..."

Klopstock, Friedrich
 
 
 
BIOGRAFIA
Friedrich Gottlieb Klopstock foi um poeta alemão (Quedlinburg, 2 de Julho de 1724 - Hamburgo, 14 de Março de 1803).
Antigo aluno da escola de Schulpforta, estudou teologia nas universidades de Jena e Leipzig. Discípulo de Johann Jakob Bodmer e da escola suíça, descobriu com entusiasmo a obra de John Milton. Decidiu escrever uma epopéia religiosa chamada Messias, à qual se dedicou durantes vinte anos (1748/68). Com esta obra em vinte cantos, Klopstock tornou-se o poeta mais admirado da jovem geração. Antes de publicá-la, já se consagrara com suas primeiras odes (An Meine Freund, de 1747).
Dedicou-se também ao teatro. Escreveu inicialmente tragédias: A morte de Adão, de 1757 e Salomão, de 1763. No entanto, destacou-se com o teatro patriótico, representado pela trilogia centralizada na personagem Hermann, herói da resistência da velha Germânia aos romanos.
Embora tivesse passado grande parte da sua vida na Dinamarca, onde recebia um pensão do rei Frederik V, foi um dos precursores do movimento nacional na Alemanha. Saudou com entusiasmo as revoluções americana e francesa. Porém, quando a República Francesa quis torná-lo cidadão honorário, Klopstock recusou em sinal de protesto contra os excessos da revolução na França. Contribuiu ainda nos campos da filologia e da história da literatura.
COMENTÁRIO:
 
Fazer poesia... estará isto correcto?...
 
A frase de Klopstock agrada-me mas não subscrevo que poesia seja confesso. Apesar de não ser poeta, entendo que Poesia é mais desabafo do que confesso. Acho que o poeta tem necessidade de comunicar com o exterior, tem necessidade de comunicar, por que o seu sentir precisa de se materializar através da sua musa.
 
É difícil conseguir-se uma uniformidade na análise da frase porque `a partida somos todos poetas e ninguém é poeta. O poeta é o tal fingidor... mas a frase não se limita `a apreciação destes. Está aberta a todos que queiram opinar, julguem-se poetas ou não.      
 
Vergílio Ferreira diz que deixou de fazer versos para que não lhe chamassem poeta. Eu não deixo, porque de poeta e louco...
 
Mas para mim Poesia é desabafo....
 
João Brito Sousa
publicado por SOUSINHA às 06:58
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De ana nin a 14 de Maio de 2007 às 09:48
Frase de hoje: é comprar ó freguês! é comprar! :D
Espreitem esta preciosidade! Uma promoção da Optimus Pioneiros:
http://www.lojaoptimus.info/pioneiros
vale a pena trocar é mesmo barato!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. FICA SUSPENSO ATÉ NOVA OR...

. A HORTA BIOLÓGICA

. AS GEADAS

. A CARVOARIA DO PASSOS

. UTENSÍLIOS AGRÍCOLAS

. O TREINO DO SENHOR CARVAL...

. FARO DENTRO DAS MURALHAS

. UM BOM FIM DE SEMANA

. IGREJA DE S. PEDRO

. A RUA DOS BRACIAIS

. AO POETA MANUEL JOSÉ E F...

. A HORTA DOS BRITOS

. O MEU PRIMO SEBASTIÃO BRI...

. AS MOÇAS E OS MOÇOS DO M...

. POESIA DO DR. UVA

. ALÓ SANTA BÁRBAAR DE NEXE...

. FOMOS JOGAR À FALFOSA.

. ESTAMOS A VOLTAR.

. TUDO CHEGA AO FIM.... ATÉ...

. DA IMPRENSA

. VIVA A SOLEDADE URBANO.

. HOUVE FESTA NO SÍTIO DA A...

. AS HORTAS E A GRICULTURA...

. A FRASE DE HOJE

. PORQUE HOJE É DOMINGO

. BOM FIM DE SEMANA PARA TO...

. VELHO DO RESTELO

. CHEGUEI...

. EU NÃO POSSO ACREDITAR...

. A VIDA DIFÍCIL DOS MIÚDOS...

.arquivos

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.favoritos

. SANTA BÁRBARA DE NEXE

blogs SAPO

.subscrever feeds