Quinta-feira, 17 de Maio de 2007

PARA REFLECTIR

 TUDO É FUGAZ.
Este texto é de Marco Aurélio (Imperador Romano), in "Pensamentos"
"Considera com frequência a rapidez com que se passam e desaparecem os seres e os acontecimentos. A substância, como um rio, está em perpétuo fluir, as forças em perpétuas mudanças, as causas a modificarem-se de mil maneiras; apenas há aí uma coisa estável; e abre-se-nos aos pés o abismo infinito do passado e do futuro onde tudo se some. Como não há-de ser louco o homem que, neste meio, se incha ou se encrespa ou se lamenta, como se qualquer coisa o tivesse perturbado durante um tempo que se visse, um tempo considerável?..."
 
 
BIOGRAFIA
 
César Marco Aurélio Antonino Augusto (Imperator Caesar Marcus Aurelius Antoninus Augustus), nascido a 26 de Abril de 121 e falecido em 17 de Março de 180, foi Imperador de Roma desde 161 até à sua morte em 180. Nascido Marcus Annius Catilius Severus, tomou o nome de Marcus Annius Verus pelo casamento. Ao ser designado imperador mudou o nome para Marcus Aurelius Antoninus, acrescentando-lhe os títulos de Imperador, César e Augusto; «Aurelius» significa dourado, e a referência a «Antoninus» deve-se ao facto de ter sido adoptado por esse imperador
 
COMENTÁRIO:
 
Impressiona-me este texto do Imperador Marco Aurélio e outros, dos anos cento e tais depois de Cristo, pelo conteúdo profundo da mensagem, quando eu trabalhei em Portugal em cursos de adultos analfabetos, há quarenta anos..
 
O tema é interessante e estou convencido que nem sempre damos por isso, que tudo é fugaz e eu vejo isso com a idade que tenho e interrogo-me: como é que eu cheguei aqui? Tão rapidamente?...
 
Essa é uma virtude da vida... os acontecimentos passarem rápido. Em literatura costuma dizer-se... o tempo tudo cura..
 
TUDO É FUGAZ...
 
Na vida de hoje, há esse espaço de tempo,
Tão curto umas vezes outras tão dilatado.
Que quando ocorre algum mau acontecimento
A gente lamenta-se, óh... está tudo estragado.
 
Não é assim não... que a vida se vive..
A Vida é para se viver e tirar bom partido
E digo isto face à experiência que eu tive
E que passei o tempo muito bem vivido...
 
Nada nos deve fazer sentir perdido
E não chores por ter sido mal sucedido
Não faças nada disso se fores capaz....
 
Analisa bem o problema e de seguida...
Pensa que a coisa não está perdida,
Porque na vida nada dura; tudo é fugaz
 
                                                                                      João Brito Sousa
publicado por SOUSINHA às 16:53
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De avlisi@sapo.pt a 19 de Maio de 2007 às 21:28
"Analisa bem o problema e de seguida...
Pensa que a coisa não está perdida,
Porque na vida nada dura; tudo é fugaz"

Álvaro de Campos, na sua fase do Futurismo, não teria escrito melhor!

Tudo é fugaz porque o homem vive no Futuro! E porque está permanentemente com um pé aí colocado o problema vivido só pode servir para, empiricamente, ser lição nesse Futuro.

O General das grandes legiões romanas, mais tarde coroado Imperador de Roma, no texto que apresentas evoca essa mesma ideia. " A substância, como um rio, está em perpétuo fluir... apenas há aí uma coisa estável" . Em meu entender, o rio.
Que bela imagem! Que forma tão clara de demonstrar como o Homem vive no Futuro. Como a água do rio, que não passa duas vezes sob a mesma ponte, a vida do Homem não revive o momento passado.

Bem arrancado o texto ora apresentado. Melhor completado, ainda, com o magnífico soneto.

Para continuar!

arnaldo silva
felizmente reformado





De SOUSINHA a 20 de Maio de 2007 às 20:24
VIVA.

BOM TEXTO.
ÁLVARO DE CAMPOS ?.... ACHAS? MESMO...
UM ABRAÇO DO
BS


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. FICA SUSPENSO ATÉ NOVA OR...

. A HORTA BIOLÓGICA

. AS GEADAS

. A CARVOARIA DO PASSOS

. UTENSÍLIOS AGRÍCOLAS

. O TREINO DO SENHOR CARVAL...

. FARO DENTRO DAS MURALHAS

. UM BOM FIM DE SEMANA

. IGREJA DE S. PEDRO

. A RUA DOS BRACIAIS

. AO POETA MANUEL JOSÉ E F...

. A HORTA DOS BRITOS

. O MEU PRIMO SEBASTIÃO BRI...

. AS MOÇAS E OS MOÇOS DO M...

. POESIA DO DR. UVA

. ALÓ SANTA BÁRBAAR DE NEXE...

. FOMOS JOGAR À FALFOSA.

. ESTAMOS A VOLTAR.

. TUDO CHEGA AO FIM.... ATÉ...

. DA IMPRENSA

. VIVA A SOLEDADE URBANO.

. HOUVE FESTA NO SÍTIO DA A...

. AS HORTAS E A GRICULTURA...

. A FRASE DE HOJE

. PORQUE HOJE É DOMINGO

. BOM FIM DE SEMANA PARA TO...

. VELHO DO RESTELO

. CHEGUEI...

. EU NÃO POSSO ACREDITAR...

. A VIDA DIFÍCIL DOS MIÚDOS...

.arquivos

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.favoritos

. SANTA BÁRBARA DE NEXE

blogs SAPO

.subscrever feeds