Sexta-feira, 18 de Maio de 2007

PEDRO; VEJA SE CONCORDA

AO PEDRO TOCHAS,
 
Caro AMIGO,
 
Não tenho o prazer de o conhecer mas muito me honra saber que é um homem das artes Fui até ao seu sítio e fiquei   a conhecê-lo melhor. E felicito-o por ter triunfado na vida.
 
Vem isto a propósito de uma entrevista que o senhor deu à jornalista Marta Silva do Destak de hoje, onde diz que para si o Porto é especial e que é aqui muito bem recebido pelo público, apesar de as pessoas serem mais desconfiadas, sendo mais difícil de as cativar do que em Lisboa, que se come bem por aqui (aliás come-se excepcionalmente bem e barato por aqui no Porto, direi eu) e outras coisas favoráveis ao Porto.  
 
Mas achei estranho a sua referência ao futebol, ao dizer que as fãs que conquistou no Porto o defendem quase como a um clube de futebol. E comecei a pensar, naquele estilo da canção do Zeca Afonso... “Vejam bem... quando um homem se põe a pensar”...
 
È que eu subscrevo toda as suas palavras estando pois em total sintonia consigo. Veja que, quando vou cortar o cabelo, o Sr. Fernando lá da loja, coloca-me um disco da Maria João Pires ou do Gilbert Becaud ou do Jacques Brel e coisas assim, conversamos muito sobre cultura em geral enquanto dura o corte e nos café que frequento, sou igualmente bem recebido, sintoma que me respeitam e eu retribuo de igual maneira..
 
Em suma a população do Porto acolheu-me bem, posso dizer.
 
Mas quando toca a futebol as coisas complicam-se e aí surge-me outro Porto, totalmente oposto, no qual eu tenho muitas dificuldades em compreender e aceitar. Por isso estranhei a sua referência..” as fãs que conquistei no Porto defendem-me quase como a um clube de futebol.”..
 
Gosto de futebol e gosto de falar de futebol e penso que aqui no Porto as pessoas também gostam desse desporto. Mas as minhas dúvidas começam pela maneira como aqui se encara o fenómeno desportivo. Por exemplo, aqui há dias li um dos jornas daqui, que num clube local, apareceram duas listas candidatas ao Conselho Superior de determinada Instituição, contendo três nomes iguais numa lista e noutra, mas não são nomes de pessoas analfabetas, são de pessoas que ocupam cargos de destaque na cidade, o que quer dizer, que são pessoas que sabem o que estão a fazer e deveriam saber que tal atitude, é incompatível com os princípios da legalidade, da moral e da ética, conforme sublinhou um dos participantes numa das listas.      
 
Da imprensa local pode retirar-se:
 
Insólito! Há três elementos comuns às duas listas concorrentes às eleições para o Conselho Superior do F. C. Porto Pôncio Ponteiro, cabeça-de lista de ambas, Lourenço Pinto e Fernando Póvoas (efectivo na A e suplente na B).
 
Contactados pelo JN, Pôncio, Lourenço Pinto e Póvoas explicam este caso pitoresco pela permeabilidade dos estatutos e pela honra dos convites. Surpreendido ficou o patrocinador da lista A, Fernando Cerqueira. "Estava a aguardar que os presidentes da Direcção e da Assembleia Geral se pronunciassem", referiu. "Mais tarde, oportunamente, a Comissão tomará uma posição mais concreta, sempre tendo em vista os superiores interesses do F. C. Porto", acrescentou. Os estatutos são omissos sobre esta questão, apenas se referem aos órgãos de Direcção que não podem ter dois dirigentes em lugares diferentes. Por norma aplicam-se os princípios dos estatutos, logo extensivos a outras situações, como a que está em apreço. Uma questão a acompanhar, portanto.

Fernando Póvoas disse que o que distingue as listas é a "diferença de estilo" e que aceitou entrar nas duas por "gostar das pessoas e do F. C. Porto". Reservou para si a opção de voto. Pôncio Monteiro, ao lado de Faria e Almeida, ontem, no Dragão, já deixou pistas sobre a sua escolha, ao afirmar que a sua presença junto do patrocinador da B terá uma "lógica". Quanto a Rui Moreira, integrante da lista A, prometeu não perder o sentido crítico. "Farei crítica construtiva e nunca oposição. Apoio Pinto da Costa, mas, como conselheiro, não como funcionário", afirmou...”
 
No meu ponto de vista, esta atitude dos conselheiros surpreende-me, por pensar que esta atitude não cabe na cabeça de ninguém, se, como é o caso, forem aplicadas num estado de Direito ( com um dos concorrentes a ser cabeça de lista em ambas, o que lhe daria vitória assegurada) mas aqui no Porto, isto faz-se com a maior das tranquilidades e aqui estou totalmente contra por considerar ser uma atitude antidemocrática.. .
 
Outra posição esquisita é a afirmação do conselheiro senhor Rui Moreira, integrante da lista A, que “prometeu não perder o sentido crítico. Farei crítica construtiva e nunca oposição. Apoio Pinto da Costa, mas, como conselheiro, não como funcionário", afirmou...”
 
É este estado de coisas, que eu não compreendo num Orgão com a natureza do Conselho Consultivo, que deverá pronunciar-se SIM ou TALVEZ, mas dizer NÃO também, quando for caso disso, nas analises que irá ser chamado a pronunciar-se..
 
Outra coisa ainda é a disponibilidade dos Conselheiros para apoiarem Pinto da Costa, um homem que há 25 anos ganha as eleições por sufrágio de lista única, não dando possibilidades do aparecimento de outras listas, conforme se disse na rádio, o que, na minha opinião é antidemocrático e não compatível num Estado de Direito.
 
E há ainda as acusações de Carolina Salgado no livro “Eu Carolina”, que, ao que parece, colocaram o nome do senhor Pinto da Costa no processo Apito Dourado.
 
E é com estes argumentos todos que o senhor Pinto da Costa vai concorrer e ganhar as eleições em que concorre no modelo de lista única.
 
E a cidade do Porto aplaude.
 
Eu estou contra e está aqui a nossa diferença.
 
João Brito Sousa
publicado por SOUSINHA às 16:50
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. FICA SUSPENSO ATÉ NOVA OR...

. A HORTA BIOLÓGICA

. AS GEADAS

. A CARVOARIA DO PASSOS

. UTENSÍLIOS AGRÍCOLAS

. O TREINO DO SENHOR CARVAL...

. FARO DENTRO DAS MURALHAS

. UM BOM FIM DE SEMANA

. IGREJA DE S. PEDRO

. A RUA DOS BRACIAIS

. AO POETA MANUEL JOSÉ E F...

. A HORTA DOS BRITOS

. O MEU PRIMO SEBASTIÃO BRI...

. AS MOÇAS E OS MOÇOS DO M...

. POESIA DO DR. UVA

. ALÓ SANTA BÁRBAAR DE NEXE...

. FOMOS JOGAR À FALFOSA.

. ESTAMOS A VOLTAR.

. TUDO CHEGA AO FIM.... ATÉ...

. DA IMPRENSA

. VIVA A SOLEDADE URBANO.

. HOUVE FESTA NO SÍTIO DA A...

. AS HORTAS E A GRICULTURA...

. A FRASE DE HOJE

. PORQUE HOJE É DOMINGO

. BOM FIM DE SEMANA PARA TO...

. VELHO DO RESTELO

. CHEGUEI...

. EU NÃO POSSO ACREDITAR...

. A VIDA DIFÍCIL DOS MIÚDOS...

.arquivos

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.favoritos

. SANTA BÁRBARA DE NEXE

blogs SAPO

.subscrever feeds